A Associação Meditar é uma sociedade civil sem fins lucrativos, não religiosa ou doutrinária. O primeiro núcleo surgiu em Porto Alegre-RS, e, atualmente, possui núcleos nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado, Novo Hambugo, Santa Maria, São Francisco de Paula, Capão da Canoa, Florianópolis, Chapecó e Cuiabá.

A Associação Meditar se propõe a: Difundir a prática da meditação; Congregar os praticantes da meditação; Coletar e divulgar os benefícios à saúde física e mental promovidos pela prática adequada da meditação; Criar, apoiar e promover a difusão de locais adequados para a prática de meditação (Núcleo ou Centros Meditar) no Brasil e no exterior; inclusive, com sedes rurais para abrigar seus membros em vida comunitária voltada à meditação, ao estudo, ao trabalho natural na terra, à contemplação da natureza.

Dedica-se a orientar a iniciação e o desenvolvimento das pessoas (empresa, escolas, associações) na meditação de forma clara, simples, objetiva e segura; Promover cursos, palestras, workshops, retiros e atividades voltadas à prática da meditação; Incentivar e promover a atitude mediativa, altruísta e pacífica, que implique na paz interna e externa, na não-violência, no respeito pela natureza, alimentação natural, bons valores humanos, no conhecimento e na sabedoria.

A Associação Meditar de Cuiabá se reúne as 4ª feiras - 20 h - e aos sábados - 8 h - para meditar e estudar na Academia Ligia Prieto. Endereço: Rua Min.João Alberto, 137 – Araés - Cuiabá. Informações pelo tel. (65)3052-6634.

terça-feira, 8 de junho de 2010

VideoFórum "As Religiões do mundo e a ética globa"


Videofórum sobre religiões do mundo chega ao quinto encontro com sessão sobre o Budismo!


O estudante de Direito, Ivan Deus Ribas, da Associação Meditar de Cuiabá, irá falar sobre o Budismo, na perspectiva religiosa e filosófica, e as práticas budistas, no quinto encontro do videofórum “As religiões do mundo e a ética global”, próxima quinta-feira, dia 10 de junho.


O projeto, que está dentro da perspectiva do ecumenismo e inserido na campanha mundial pela paz, consiste na exibição de um documentário, seguido de debate. As exibições são sempre às quintas-feiras, das 19h às 21h, com entrada franca, no Colégio CIN.


O videofórum começou dia 6 de maio e vai até 8 de julho. (Mais informações: http://www.centroburnier.com.br/ ou pelo telefone 65-3023-2959)


Já aconteceram sessões sobre Judaísmo, Cristianismo, Islamismo e Religiões Chinesas. Além do Budismo, ainda serão abordadas, em outros encontros, as seguintes religiões: Hinduísmo, Religiões Tribais, Religiões Afro-brasileiras e Religiões Indígenas de Mato Grosso.


Os vídeos são de produção alemã, assinados por Hans Küng, exceto os dois últimos.


Emissão de certificado pela UNISINOS/RS. Critério: 75% de presença.


PARTICIPE.


Keka Werneck, da Assessoria de Imprensa do Centro Burnier Fé e Justiça.
(65) 9922-9445

Nenhum comentário:

Postar um comentário