A Associação Meditar é uma sociedade civil sem fins lucrativos, não religiosa ou doutrinária. O primeiro núcleo surgiu em Porto Alegre-RS, e, atualmente, possui núcleos nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado, Novo Hambugo, Santa Maria, São Francisco de Paula, Capão da Canoa, Florianópolis, Chapecó e Cuiabá.

A Associação Meditar se propõe a: Difundir a prática da meditação; Congregar os praticantes da meditação; Coletar e divulgar os benefícios à saúde física e mental promovidos pela prática adequada da meditação; Criar, apoiar e promover a difusão de locais adequados para a prática de meditação (Núcleo ou Centros Meditar) no Brasil e no exterior; inclusive, com sedes rurais para abrigar seus membros em vida comunitária voltada à meditação, ao estudo, ao trabalho natural na terra, à contemplação da natureza.

Dedica-se a orientar a iniciação e o desenvolvimento das pessoas (empresa, escolas, associações) na meditação de forma clara, simples, objetiva e segura; Promover cursos, palestras, workshops, retiros e atividades voltadas à prática da meditação; Incentivar e promover a atitude mediativa, altruísta e pacífica, que implique na paz interna e externa, na não-violência, no respeito pela natureza, alimentação natural, bons valores humanos, no conhecimento e na sabedoria.

A Associação Meditar de Cuiabá se reúne as 4ª feiras - 20 h - e aos sábados - 8 h - para meditar e estudar na Academia Ligia Prieto. Endereço: Rua Min.João Alberto, 137 – Araés - Cuiabá. Informações pelo tel. (65)3052-6634.

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

"Medicina Interior: a medicina do coração e da mente"


A Associação Meditar de Cuiabá promoveu, neste final de semana (26, 27 e 28), o retiro de meditação intitulado “Medicina Interior: a medicina do coração e da mente”. Cerca de 20 pessoas participaram do evento, ministrado por Ênio Burgos, que é médico, físico, escritor e um dos principais tradutores para o português das obras do monge budistas Thich Nhat Hanh.

Durante 3 dias os participantes tiveram a oportunidade de se aprofundar na prática e no conhecimento da “mente atenta” e da “meditação”, consideradas os pilares mais elevados daquilo que os budistas chamam de caminho óctuplo, ou seja, os 8 passos para se alcançar a consciência da verdadeira natureza de todas as coisas, superando a visão limitada das formas e aparências.

O tema título do retiro, “Medicina Interior: a medicina do coração e da mente”, teve como fundamento o livro homônimo de Ênio Burgos, que discorre sobre o “apego”, a “aversão”, a “indiferença”, “a inveja” e o “orgulho”, considerados as principais causas do obscurecimento da consciência humana e das doenças. O palestrante também apontou o caminho da cura e sanidade , ou seja, os antídotos para superação desses problemas.

Segundo Ênio, é importante que tenhamos consciência da transitoriedade e da interdependência de todas as coisas, desta forma fica mais fácil entende o conceito ilusório de “eu” que construímos ao longo da vida, sem, no entanto, nos extremarmos para o lado do não-eu, pois a visão da verdadeira realidade só pode ser percebida quando adotamos o que Buda chamou de “o caminho do meio”.

Quando perguntado sobre um conselho para o mundo atual, Ênio responde de forma simples “As pessoas devem parar de correr tanto e prestar mais atenção no aqui e agora, porque muitas vezes o reino de Deus esta diante de nós, e não temos olhos e paciência suficientes para reconhecê-lo”.

O trabalho da Associação Meditar começou a 15 anos na cidade de Porto Alegre, e atualmente funciona em 6 cidades Brasileiras. Em Cuiabá a associação existe há 10 anos, com atividades regulares e gratuitas de meditação na Academia Ligia Prieto, localizada no bairro Arraes. O site da entidade é: “associaçãomeditardecuiaba.blogspot.com”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário