A Associação Meditar é uma sociedade civil com personalidade jurídica, sem fins lucrativos, não religiosa ou doutrinária. O primeiro núcleo surgiu em Porto Alegre-RS, e, atualmente, possui núcleos nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado, Novo Hambugo, Santa Maria, São Francisco de Paula, Capão da Canoa, Florianópolis, Chapecó e Cuiabá.

A Associação Meditar se propõe a: Difundir a prática da meditação; Congregar os praticantes da meditação; Coletar e divulgar os benefícios à saúde física e mental promovidos pela prática adequada da meditação; Criar, apoiar e promover a difusão de locais adequados para a prática de meditação (Núcleo ou Centros Meditar) no Brasil e no exterior; inclusive, com sedes rurais para abrigar seus membros em vida comunitária voltada à meditação, ao estudo, ao trabalho natural na terra, à contemplação da natureza.

Dedica-se a orientar a iniciação e o desenvolvimento das pessoas (empresa, escolas, associações) na meditação de forma clara, simples, objetiva e segura; Promover cursos, palestras, workshops, retiros e atividades voltadas à prática da meditação; Incentivar e promover a atitude mediativa, altruísta e pacífica, que implique na paz interna e externa, na não-violência, no respeito pela natureza, alimentação natural, bons valores humanos, no conhecimento e na sabedoria.

A Associação Meditar de Cuiabá se reúne sempre no Espaço Ligia Prieto. Endereço: Rua Min.João Alberto, 137 – Araés - Cuiabá. Informações pelo tel. (65)3052-6634.

(Atenção!!! - Em Julho, no período de recesso, estaremos com outro local de prática! O endereço é na Rua Professora Neuza Lula Rodrigues, n. 150, Casa 11 - Resid. Canachuê - B. Jardim Santa Amália.) Sempre aos sábados, das 07h às 08h! Informações: (65) 9.8143-4379 - Ivan.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Cãopanheirismo - Acolher, sempre e indistintamente!! - Curitiba/PR


Notícia do Blog Animal, via Gazeta do Povo/PR.
 
Para alegrar os corações de quem adora animais, tenho duas ótimas notícias. A primeira é que desde o começo da semana os moradores de rua que têm cães também podem levá-los aos abrigos. Até agora o que está recebendo animais é o do bairro Rebouças, que fica na Rua Plínio Tourinho. Segundo a prefeitura, a ideia surgiu porque muitos desabrigados desistiam de ir por não poderem levar os cães.

A outra notícia é que hoje vai acontecer um mutirão organizado pelo grupo de protetoras da Cãopanheiro. Elas vão reunir os interessados em ajudar os moradores de rua e seus cães (ou gatos) com cobertas e comida. Quem quiser participar, é só ir à Rua Marchal Hermes, no Centro Cívico, às 20h. A ideia é levar ração, bolachas, café, leite, chocolate quente (as bebidas devem ser levadas dentro de garrafa térmica) e cobertores (vale papelão e jornal).

Quem não puder participar e sair pelas ruas atrás de animais que estejam passando frio, pode deixar doação em dois endereços: Rua Brasílio Itibirê, 3727, e Marechal Hermes, 748 (esse é o endereço de uma das protetoras, a Fabiana. É só entregar na portaria no nome dela).

Publicação extraída do site: http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/blog-animal/

Nenhum comentário:

Postar um comentário