A Associação Meditar é uma sociedade civil sem fins lucrativos, não religiosa ou doutrinária. O primeiro núcleo surgiu em Porto Alegre-RS, e, atualmente, possui núcleos nas cidades de Santa Cruz do Sul, Lajeado, Novo Hambugo, Santa Maria, São Francisco de Paula, Capão da Canoa, Florianópolis, Chapecó e Cuiabá.

A Associação Meditar se propõe a: Difundir a prática da meditação; Congregar os praticantes da meditação; Coletar e divulgar os benefícios à saúde física e mental promovidos pela prática adequada da meditação; Criar, apoiar e promover a difusão de locais adequados para a prática de meditação (Núcleo ou Centros Meditar) no Brasil e no exterior; inclusive, com sedes rurais para abrigar seus membros em vida comunitária voltada à meditação, ao estudo, ao trabalho natural na terra, à contemplação da natureza.

Dedica-se a orientar a iniciação e o desenvolvimento das pessoas (empresa, escolas, associações) na meditação de forma clara, simples, objetiva e segura; Promover cursos, palestras, workshops, retiros e atividades voltadas à prática da meditação; Incentivar e promover a atitude mediativa, altruísta e pacífica, que implique na paz interna e externa, na não-violência, no respeito pela natureza, alimentação natural, bons valores humanos, no conhecimento e na sabedoria.

A Associação Meditar de Cuiabá se reúne as 4ª feiras - 20 h - e aos sábados - 8 h - para meditar e estudar na Academia Ligia Prieto. Endereço: Rua Min.João Alberto, 137 – Araés - Cuiabá. Informações pelo tel. (65)3052-6634.

sábado, 19 de março de 2011

VIDEOFORUM - A CRISE ECOLÓGICA e o CINEMA


Caos ambiental é foco de filmes que serão exibidos gratuitamente em vídeofórum


PARTICIPE!

O Centro Burnier Fé e Justiça (CBFJ) está promovendo em Cuiabá, com entrada franca, o vídeofórum “Crise Ecológica e Cinema”. Os filmes serão exibidos, gratuitamente, em dois locais e em datas diferentes. Na Igreja de São Benedito, serão cinco sessões, sempre aos sábados, de 19 de março a 16 de abril, às 17 horas. Na paróquia do CPA 1, os filmes serão exibidos durante uma semana corrida, de 21 a 26 de março, às 19 horas. Os filmes tratam, com excelência, da questão ambiental, um problema que se agrava nas cidades e no mundo. Após cada sessão, haverá um debate, orientado por um convidado.


“Surpreende a qualidade dos filmes, que são muito bons”, avalia o padre João Inácio, coordenador do Centro Burnier.


Este videofórum está dentro da proposta dos jesuítas do Centro Burnier de formação para o exercício crítico da cidadania. Ano passado, o mesmo videofórum foi realizado em Várzea Grande. Confira a programação aqui.


O videofórum começa no próximo sábado, com o filme “Home, o mundo é nossa casa”. Também serão exibidos os filmes “A Era da Estupidez”, “Mudanças de Clima, Mudanças de Vida”, “A Carne é Fraca” e “Avatar”.


Aos participantes, será expedido certificado de participação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), de Porto Alegre (RS).


Se você escolhe participar do videofórum que acontecerá na Paróquia Nossa Senhora do Rosário e São Benedito - Centro, faça a sua inscrição clicando aqui.


Se você escolhe particicipar do videofórum que acontecerá na Paróquia Divino Espírito Santo- CPA1, faça a sua inscrição clicando aqui.


Mais informações (65) 3023-2959.

Nenhum comentário:

Postar um comentário